A Construção do Plano Estadual Setorial de Museus do Rio Grande do Sul


INTRODUÇÃO

A construção de políticas públicas específicas voltadas para um setor, é um elemento garantidor de uma agenda política que centre no debate um planejamento que sinalize caminhos a serem estabelecidos para o fortalecimento da museologia do Rio Grande do Sul.

Este debate é estratégico, ao colocar os museus em pauta, num cenário de retomada da produção cultural no estado, a partir da organização e ampliação dos instrumentos de fomentos, da participação de membros por meios de colegiados setoriais, fóruns e conferências, de novas formas de se comunicar, como o mapa digital da cultural do RS e o conexões globais… E também de estar conectado aos avanços nacionais nas políticas públicas para os museus, ao longo desses dez últimos anos, como a Política Nacional de Museus, o Estatuto Brasileiro de Museus e o Plano Nacional Setorial de Museus, que fortalecem o campo de atuação da museologia.

Estas propostas oriundas do 13° Fórum Estadual de Museus do RS que teve como tema “Políticas Museais – a memória, os avanços e a contemporaneidade” que refletiu sobre a Política Nacional de Museus e o Plano Nacional Setorial de Museus, a atuação do Colegiado Setorial de Museus na escrita do Plano Estadual de Cultura do RS, a importância da Carta de Rio Grande nas políticas museais e a influência das cartas da museologia para os museus, portanto debatendo e refletindo sobre essas construções das políticas museais.

Agora, com o intuito de espraiar ainda mais o debate, inicia-se o processo de estimular as sete regiões museológicas a pensar estas diretrizes, estratégias, ações e metas para qualificar e/ou quantificar as necessidades e potencialidades existentes nos museus do RS. Portanto sua participação é muito importante, ajude a construir o Plano Estadual Setorial de Museus do RS.

APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

A Construção do Plano Estadual Setorial de Museus do Rio Grande do Sul é uma estratégia de desenvolvimento e aprimoramento do setor museológico no estado através de uma política de planejamento, fortalecendo suas ações para com o conjunto da sociedade.

Este plano será composto de um texto base, que fará conexão ao Plano Estadual de Cultura do RS, e estrutura-se em temáticas específicas da dimensão de atuação dos museus, com propostas advindas de sete encontros regionais em cada uma das sedes dos Coordenadores Regionais do Sistema Estadual de Museus.

A Escrita do texto-base e sistematização das propostas será elaborada por uma comissão de trabalho, nomeada por portaria da Secretaria de Estado da Cultura do RS, contendo membros pertencentes tanto do Colegiado Setorial de Museus, quanto dos Coordenadores Regionais do SEM/RS.

COMO PARTICIPAR?

O Plano Estadual Setorial de Museus está sendo construído a partir de propostas que são organizadas por temáticas, como (ação educativa, documentação museológica, gestão e sustentabilidade e outros) a qual possuem página específica na aba superior deste blog.

Para opinar basta, acessar essa página e clicar em comentário, então você sugere, critica, solicita supressão, acrescenta a sua proposta ao plano que será avaliada, transcrita e/ou reescrita posteriormente por uma comissão e constará ou não das diretrizes do plano.

As contribuições ocorridas em cada encontro serão colocadas conforme as cores nos convites para melhor definição destas propostas, as demais propostas em comentários em anexo abaixo a postagem.

1° Região Museológica – Turquesa

2° Região Museológica – Verde

3° Região Museológica – vermelho

4° Região Museológica – Amarelo

5° Região Museológica – Rosa

6° Região Museológica – Laranja

7° Região Museológica - Marrom 

BREVE HISTÓRICO

- Surgiu da necessidade apontada na reunião de Coordenadores Regionais do Sistema Estadual de Museus do Rio Grande do Sul, no dia de 28/05/12 na sala de reuniões do gabinete da Secretaria Estadual de Cultura do RS.

- Debate da temática de políticas públicas no Conexões Ibram/RS

- Início de debates e de construção das propostas no 13° Fórum Estadual de Museus do RS sob o tema “Políticas Museais: a memória, os avanços e a contemporaneidade”.

OBJETIVO

- Construir um plano setorial de políticas de públicas que apresente um planejamento a ser executado pelo poder público a médio e longo prazo, como forma de estabelecer um fortalecimento do setor.

METODOLOGIA DE TRABALHO

Início – As Primeiras Propostas: Surgem a partir dos debates do 13° Fórum Estadual de Museus do RS.

Segundo Passo – Encontros: Conforme deliberação do fórum, deve-se realizar sete encontros regionais do Sistema Estadual de Museus do RS, com vista a estimular e colher as propostas e sugestões das regiões museológicas.

Terceiro Passo – Processo de Sistematização e Escrita do Plano: Realizar reuniões (quantidade a definir) com a Comissão, para construção do texto-base e sistematização das propostas.

Quarto Passo – Divulgação dos Resultados: Disponibilizar o resultado do texto-base e das propostas para a consulta pública, via instrumento online.

Quinto Passo – Apresentação e aprovação do plano: Será numa conferência ou no 14° Fórum Estadual de Museus (a definir)

Sexto Passo – Elaboração do Projeto de lei e encaminhamento a Assembleia Legislativa do Estado do RS.